quarta-feira, 17 de julho de 2013

Estilista Lucien Lelong

    Quando Lucien Lelong nasceu no dia 11 de outubro de 1889, em, Paris, França, seu pai era dono de uma loja de tecidos, Começou a cursar a escola Hautes Études Commerciales preparando-se para o comércio.

     Logo, porém, ele estava criando sua primeira coleção, que precisou ser adiada por causa de sua convocação para o exército.

    Sua verdadeira estréia só aconteceria a anos mais tarde, depois da 1ª Guerra Mundial, e seu nome começou a ficar conhecido mais pela qualidade dos tecidos que usava e dos acabamentos de suas roupas, do que pela criatividade apresentada. Em 1939, pouco antes da 2ª Guerra Mundial, Lelong apresentou saias rodadas com cintura muito justa.

    Presidente da Chambre Sindicale de La Haute Couture de 1937 a 1947, Lelong conseguiu convencer os invasores alemães a permitir que as casas francesas da alta costura permanecessem em Paris, e não se transferissem para Berlim, como era desejo do 3° Reich. Graças ao seu empenho, 92 maisons continuaram abertas durante a guerra, mantendo viva a tradição francesa de moda.

    Ele  era um herói da primeira Guerra Mundial que tinha recebido várias honras pelo serviço prestado.Com as suas origens aristocráticas e beleza distinta, Natália foi uma lufada de ar fresco para o negócio de Lelong. Para Natalie (como passou a ser conhecida), a posição deste homem significava poder,dinheiro e segurança.

    Embora ela considerasse com cada  vez mais seriedade a ideia de se casar com ele, a sua família e amigos viam a união como estranha devido aos rumores da homossexualidade de Lelong. Apesar disso, o casal contraiu um matrimónio civil no dia 9 de agosto de 1927. No dia seguinte, sendo seguidos por um grande numero de jornalistas, eles casaram-se numa cerimónia religiosa na Igreja Ortodoxa de Santo

    Alexandre. Para o casamento Natalie usou um vestido criado pelo marido e cativou os olhares das centenas de pessoas que a admiravam. No entanto existem relatos de que ela estava bastante perturbada neste dia.

    A reputação de Lucien Lelong cresceu com a ajuda da sua delicada esposa de gostos maravilhosos.

    Delicada e glamurosa, vestida com vestidos de noite brancos ou pretos e com capas vermelhas e púrpura, ela não seguia nenhuma moda e tinha o seu próprio estilo. Era conhecida pelos seus chapéus e luvas que usava a sua própria maneira. Apesar de tudo Lelong nunca conseguiu compreender as angústias da esposa nem os seus ataques de raiva que a afectavam quando ela se encontrava em público.


                 







Nenhum comentário: